31 março 2011

Talvez não tenha mais tanto medo

Acontece


Bateram à minha porta em 6 de agosto,
aí não havia ninguém
e ninguém entrou, sentou-se numa cadeira
e transcorreu comigo, ninguém.
Nunca me esquecerei daquela ausência
que entrava como Pedro por sua causa
e me satisfazia com o não ser,
com um vazio aberto a tudo.
Ninguém me interrogou sem dizer nada
e contestei sem ver e sem falar.
Que entrevista espaçosa e especial!

Pablo Neruda


A evolução é compatível com a felicidade sim... a cada passo rumo a revoluções internas a felicidade aumenta... o caminho pode ser difícil, e é muito até... mas o resultado é a felicidade do reconhecimento, da conquista, da esperança. Não haverá apenas felicidade, mas ela sempre estará lá... esperando... esperando para ser alcançada... louca para ser conquistada... se jogando na nossa frente, totalmente oferecida e bela!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

GAROTA DE OUTONO

GAROTA DE OUTONO

Por um 2010 mais romântico!

Loading...